Em seu 51° livro, Monica Buonfiglio resgata a história da Patrona do Exército Brasileiro, Maria Quitéria de Jesus, nossa heroína da Independência, que se destacou como soldado para livrar o Brasil do jugo português. Para tal façanha, já que o pai a havia proibido de ir à guerra, transformou-se no “soldado Medeiros”, entrando para o Regimento da Artilharia do Batalhão dos Periquitos. Provavelmente Guimarães Rosa se inspirou em Maria Quitéria para escrever o personagem Diadorim, em seu livro, Grande Sertão: Veredas (1956). Maria Quitéria não apenas lutou bravamente na Guerra da Independência, mas buscou, com sua participação, a igualdade das mulheres na sociedade. Atuou com destaque em várias batalhas, entre elas, na defesa da ilha da Maré, de Conceição, Pituba e Itapoã para a decisiva luta na Batalha de Pirajá onde finalmente o Brasil se libertou da presença portuguesa em 2 de julho de 1823, dia esse comemorado como Independência da Bahia. Com honras de 1° cadete, foi recebida pelo imperador D. Pedro 1° que a condecorou com a Imperial Ordem do Cruzeiro, por sua bravura frente às tropas inimigas. Recebeu também os títulos de Heroína da Independência do Brasil, Cadete da Independência, Joana d’Arc brasileira, além de ser a Patrono do Quadro Complementar de Oficiais do Exército.

Maria Quitéria - A Joana D'arc Brasileira

R$ 25,00 Preço normal
R$ 20,00Preço promocional
  • Em caso de defeito, a troca poderá ser realizada em até 30 dias após o recebimento da do produto. 

©2019 by Monica Buonfiglio. Proudly created with Wix.com